cheap jerseys

Blog Engravida

 

 

 

Dor no útero pode ser gravidez?

4 de abril de 2017

 

Sim. Após a fecundação, o útero passará por alterações, como crescimento do órgão, para que ele consiga alojar o feto corretamente e protegê-lo até o final da gestação. Conforte a gestação avança, mais o útero se expande; por esse motivo, é comum que a mulher sinta dores, sensibilidade ou incômodos na região.

Um dos primeiros sinais de gravidez ocorre de 6 a 12 dias após a concepção, quando o embrião se implanta na parede do útero, causando um leve sangramento (que, às vezes, é confundido com a menstruação). Após o sangramento, as mulheres também podem apresentar contrações uterinas, cólicas e sensações de inchaço na barriga.

A confirmação deve ser feita com testes de farmácia ou ultrassom.

Dores no útero durante a gravidez

As dores no útero também podem surgir no segundo ou terceiro trimestre da gravidez. Fortes dores no útero são sinais de gravidez ectópica, miomas ou aborto espontâneo, portanto, se elas forem muito intensas, é importante buscar orientação médica, pois podem indicar que a gestante tem uma gravidez de risco.

Essas condições geralmente são acompanhadas de outros sintomas como, por exemplo, sangramentos anormais, corrimentos e inchaços na região vaginal. O médico vai analisar se existe algum problema, indicar o melhor tratamento e deixará a futura mamãe mais tranquila.

Outras condições que causam dores no útero – e que não estão relacionadas com gravidez – são: infecção urinária, endometriose, pólipos endocervicais e câncer de colo de útero. Muitas vezes os sintomas passam despercebidos ou são confundidos com outros problemas, por isso é importante consultar regularmente seu ginecologista (pelo menos uma vez ao ano).

Engravida é uma clínica de reprodução humana que une o tratamento personalizado a uma infraestrutura completa, com equipamentos e técnicas modernas. Fale com nossos biomédicos e agende uma consulta: https://www.engravida.com.br.

 


voltar ao blog

Outras postagens