cheap jerseys

Blog Engravida

 

 

 

Meu marido é azoospérmico, posso ter filhos?

7 de junho de 2013

 

Sim, porém será necessário realizar algum tratamento de fertilidade. A azoospermia, ou seja, falta de espermatozoides na ejaculação, pode ter diferentes motivos e determinar essa causa é fundamental na escolha do tratamento adequado.

O homem pode ser azoospérmico por dois motivos:

  • Fabrica espermatozoides, porém eles não são liberados na ejaculação
  • Não fabrica espermatozoides

Homens que fabricam espermatozoides, mas não os liberam na ejaculação devem ser avaliados em relação ao caminho dos espermatozoides dos testículos até a saída. Pequenos canos (cunículos) que possibilitam a passagem do sêmen podem estar obstruídos ou apresentar alguma alteração, o que geralmente já é resultado de procedimentos cirúrgicos anteriores. Nestes casos, o homem pode ter sua azoospermia corrigida até mesmo através de cirurgia.

Em casos em que não há antecedente cirúrgico, a melhor opção para esse casal é a Fertilização in Vitro com punção do testículo ou do canalículo para conseguir os espermatozoides. A FIV é necessária, pois a punção não consegue uma quantidade e “qualidade” de espermatozoides que possibilitem um tratamento mais simples.

Homens que não fabricam espermatozoides devem ser investigados em relação as causas para essa alteração. Diversos são os motivos, que podem ser alterações genéticas, alterações hormonais, entre outros. Nestes casos, o tratamento da causa poderá ser reposição hormonal. Em alguns casos, geralmente associados a alterações genéticas, pode ser indicado o uso de sêmen de doador.

Cada caso deve ser avaliado individualmente. A gravidez é quase sempre possível e na maioria das vezes sem precisar de sêmen de doador.

Engravida é uma clínica de reprodução humana que une o tratamento personalizado a uma infraestrutura completa, com equipamentos e técnicas modernas. Fale com nossos biomédicos e agende uma consulta: https://www.engravida.com.br.

 


voltar ao blog

Outras postagens